11 ideias de empresas para abrir em 2022

Preparamos uma lista incrível com 11 ideias de empresas para abrir em 2022, com boas oportunidades. Confira a seguir:

  1. Cosméticos

Cuidado pessoal é uma das características dos brasileiros, e quem afirma isso não somos nós! De acordo com dados da Forbes, o Brasil é o quarto maior mercado do mundo quando o assunto é beleza e bem-estar.

Isso faz desse setor uma aposta interessante para 2022, seja para uma loja online ou física, que podem vender cremes, maquiagens, perfumes, sabonetes, esmaltes etc.

Fique de olho nas tendências do ramo e ofereça produtos diferenciados da concorrência!

  1. Delivery de comida

Mandar bem na cozinha é uma das suas qualidades mais fortes? Então, por que não investir no ramo culinário?

Muitas pessoas gostam de pedir comida por aplicativos e até pelo WhatsApp, principalmente quem trabalha em casa. Nesse sentido, o delivery de comida é um mercado promissor, no qual negócios da área podem contar com muitas facilidades e opções de aplicativos de entrega.

  1. E-commerce

Que tal aproveitar o sucesso do comércio eletrônico para tirar seu negócio do papel?

Com um pequeno estoque de produtos, você consegue abrir uma loja virtual em uma plataforma de vendas e atender aos pedidos dos seus clientes. Existe uma infinidade de opções que você pode disponibilizar: artigos para casa, semi jóias, roupas, calçados etc.

11-ideias-de-empresas-para-abrir-em-2022-e-faturar-alto2

  1. Eletrônicos e acessórios

Outra opção dentre as ideias de empresas para abrir em 2022 pode ser um comércio de produtos eletrônicos e acessórios para computadores e notebooks.

Com a popularização do trabalho remoto, as pessoas estão cada vez mais conectadas à internet. Isso faz com que elas busquem por smartphones, tablets, mouses, suportes para celular, notebooks e artigos relacionados à informática com alta qualidade para um melhor desempenho no seu dia a dia.

Aproveite que o home office veio para ficar e venda produtos que otimizem o esforço dos seus futuros clientes.

  1. Ensino à distância

Os negócios EAD (ensino à distância) também estão entre as tendências para 2022.

Se você é professor e dá aulas de reforço, ensina a tocar instrumentos ou entende como fazer artesanato, use o seu conhecimento como ideias de empresas para abrir. É possível lecionar de casa com pouco investimento, gravando os materiais até mesmo pelo celular.

Os alunos são atraídos pelos conteúdos e anúncios de professores nas mídias digitais, como o YouTube e o Instagram. Se informe melhor sobre os interesses do seu público e passe adiante tudo o que você sabe!

  1. Franquias

Os empreendedores optam pelas franquias por, pelo menos, dois motivos: a visibilidade e a consultoria dada pela marca mãe.

Sem dúvidas, essa é uma das formas mais seguras de ingressar no mundo dos negócios. Porém, é necessário um investimento que pode ser alto, dependendo da força da marca de clientes que a franqueadora possui. Leve isso em consideração na hora de escolher!

  1. Consultorias

As consultorias são ideais para os profissionais experientes em uma determinada área e que têm muito a ensinar.

Dentre as possibilidades estão coaching, mentorias e palestras em eventos corporativos. Existem também os consultores de produtos e serviços de empresas.

  1. Infoprodutos

Os infoprodutos cresceram muito nos últimos anos e atraíram pequenos empreendedores pela praticidade e baixo custo de investimento.

As possibilidades são: trabalhar como afiliado, produzir produtos digitais como e-books e infográficos, divulgar conteúdos próprios ou revender a terceiros, criar lançamentos para divulgação de cursos, entre outros.

  1. Materiais para escritório

Os materiais de escritórios não estão mais somente nas empresas, e sim distribuídos em estações de trabalho nas casas dos colaboradores.

Impulsionado também pela pandemia, esse é um ramo em ascensão: a venda de móveis para home office, como escrivaninhas, cadeiras de escritório e móveis planejados.

  1. Revenda

O revendedor é aquele que intermedia a compra entre o fabricante e o consumidor.

As possibilidades desse mercado são imensas e, para começar, não é necessário um alto investimento. Basta adquirir uma quantidade específica de produtos e, após isso, vendê-los, lembrando sempre de reabastecer o seu estoque. O catálogo pode ser diverso: perfumaria, sapatos, lingeries, acessórios etc.

  1. Vestuário

O setor de vestuário é imenso, já que existem roupas para todos os biotipos e estilos. Se as peças forem autorais e customizadas, a vantagem é ainda maior.

Para potencializar os lucros, você pode exibir as peças nas redes sociais através de fotos, vídeos e conteúdos interativos, como Reels. Com certeza terá um excelente resultado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui