Governo anuncia bloqueio de R$ 6,7 bi do Orçamento de 2022

O Ministério da Economia informou, nesta sexta-feira, 22, que vai bloquear R$ 6,7 bilhões do Orçamento de 2022. De acordo com o governo, a retenção de gastos se deve ao aumento de despesas como abono salarial e sentenças judiciais. A medida também tem por objetivo cumprir o teto federal de gastos. Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que o novo corte no Orçamento poderia chegar a R$ 8 bilhões. Ele deu a declaração em entrevista num posto de gasolina de Brasília, onde apareceu para verificar os preços dos combustíveis. Este foi o terceiro bloqueio de verbas no ano.

“A gente não quer cortar nada. Mas se eu não cortar, eu entro na Lei de Responsabilidade Fiscal. Agora, é duro trabalhar com um orçamento engessado. Temos esse corte extra que chega a quase R$ 8 bilhões. Aí entra a questão dos precatórios, entra abono, entra a questão do financiamento da agricultura também”, declarou o presidente. Somente na segunda-feira, 25, os detalhes serão divulgados — está prevista uma entrevista coletiva com técnicos do Ministério da Economia. O presidente não deu mais informações sobre as áreas que sofrerão cortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui