Cachorro raça Shih-tzu, por Rafael Libman

Rafael Libman
Rafael Libman

O Shih-tzu é uma raça de cachorros de pequeno porte. Conhecidos por serem amáveis e brincalhões, os bichanos possuem origem no Tibete, na China, onde se tornaram mascotes da família imperial. Apaixonado por cães, Rafael Libman exprime seu carinho pela raça.

A raça possui uma famosa lenda em que bichano se transformou no símbolo do amor impossível entre uma princesa imperial chinesa e um mongol (inimigos diretos da Coroa). Os amantes cruzaram duas raças: a Pequinês e a Lhasa Apso, sendo a primeira representante do Tibete e a segunda da Mongólia, o Lhasa Apso. Dessa forma, com o cruzamento das raças surgiu o Shih-tzu.

Seu nome significa “cão leão que nunca desiste” ou “pequeno leão”. É um cão amável e companheiro, comenta Rafael Libman. Eles se adaptam bem a qualquer espaço, por isso, é um animal indicado na hora de escolher um animal para se criar em apartamento, pois não necessitam de tanto espaço como o Golden Retrivier, por exemplo, fala o empresário. Os Shih-tzu são conhecidos por se darem bem com outros animais de estimação, por serem companheiros, é uma ótima companhia para as famílias e principalmente para os idosos. São extremamente inteligentes, sendo fácil de treinar.

O cãozinho necessita de alguns cuidados especiais. Por terem pêlos longos e finos, facilmente podem embolar e fazer nós, isto, infelizmente, machuca os bichanos, por isso é importante sempre pentear e escovar o pêlo do animal, aconselha Rafael Libman. Outros cuidados acerca da pelagem estão relacionados com os olhos: os pêlos longos podem interferir na visão do cão que é sensível. Atente-se também na hora do banho, para que não entre água no ouvido do animal, visto que pode causar otites e acerca da respiração do animal, tendo em vista seu focinho achatado.

Os Shih-tzu , como mencionado anteriormente, são cães dóceis e amáveis. Essas características são facilmente percebidas, pois se apegam aos humanos de uma forma simples e rápida. É importante ressaltar a importância do adestramento desde filhotes. São muito inteligentes, porém são teimosos, então, nota-se a importância do treinamento prematuro.

São indicados para serem companheiros, não cães protetores. Brincalhões e felizes, são a companhia ideal para uma família. Enfatizando o adestramento precoce, os Shih-tzu podem desenvolver o hábito de coprofagia, isto é, ingerir suas próprias fezes, por isso, cabe mais uma vez, o treinamento dos bichanos com profissionais especializados, salienta Rafael Libman.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui