Como a prática de exercícios físicos ajudam na vida sexual masculina?

Senior Man Doing Press Ups In Gym

De acordo com algumas pesquisas, homens que se exercitam regularmente conseguem evitar a ejaculação precoce. Então, o Dr. Marco Antonio Fortes ressalta que, assim como qualquer atividade física, a prática regular pode trazer muitos benefícios. Os homens que praticam esportes costumam ter, por exemplo, experiências sexuais mais longas, por prolongar a penetração e por consequência terem melhor desempenho sexual.

A rotina da atividade física pode ser uma importante aliada na conquista de uma vida sexual mais feliz, pois a vantagem não está ligada somente a perda de calorias, mas também na melhoria da saúde em geral que, consequentemente, reflete no desempenho sexual. Um dos problemas é a ejaculação precoce, que atinge cerca de 33% dos homens em idade sexual e consiste em um orgasmo muito rápido, que prejudica a experiência sexual do homem e da(o) parceira(o). De acordo com um estudo publicado no periódico Urology Journal, fazer atividade física por pelo menos 40 minutos diários, resulta numa melhoria sexual, além de diminuir 70% o risco de disfunção erétil.

O Mestre e Doutor em urologia Marco Antonio Fortes indica alguns exercícios que podem melhorar ainda mais a performance na cama.

Trabalhar o assoalho pélvico: é um exercício que traz benefícios para os homens uma vez que melhora a resistência e o controle dos músculos perineais, proporcionando uma melhora na ejaculação, disfunção erétil e ejaculação precoce.
Prancha: aumenta a resistência (física e na cama), fortalece a musculatura e melhora o impulso.
Agachamentos: é ótimo para aumentar os níveis de testosterona e fluxo sanguíneo para a região pélvica – tornando os orgasmos mais intensos – além de fortalecer a parte inferior do corpo, o que proporciona uma penetração mais intensa. É um exercício perfeito para apimentar a relação.

Por fim, o Dr. Marco Antonio Fortes explica que o aumento da testosterona na atividade física é um ótimo efeito na libido, pois garante o combo da endorfina com diminuição do estresse, favorecendo a autoestima. E, quando uma pessoa está bem consigo mesma, a relação com o próprio corpo tende a ser mais segura e a entrega mais prazerosa. Só tome cuidado com o excesso, pois ele pode comprometer o desempenho sexual, então mantenha uma rotina e tenha felicidade na cama e fora dela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui