Deise Zuqui dá dicas sobre o minimalismo no guarda-roupas

A moda muda a todo instante, todo ano surgem novas tendências ou há o resgate e reformulação de tendências passadas, afirma Deise Zuqui, fashionista e empresária, conta à nossa redação sobre como fazer um guarda-roupas minimalista.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar a proeminência do minimalismo atualmente. A indústria da moda tem nuances negativas que por baixo do pano esconde fatos e exploração sem precedentes. Por isso, o minimalismo é uma forma de não contribuir com essa indústria.

A partir dos fatos mencionados acima, também é válido ressaltar a importância de consumir marcas sérias e honestas, que não faz o uso de mão de obra explorada e não testam seus produtos em animais, ressalta Deise Zuqui que, além de amar o mundo da moda, é apaixonada pelos bichanos.

Um guarda-roupas minimalista é composto de peças-chave, enfatiza a empresária. São roupas que combinam com tudo, mas, sobretudo, faz o seu estilo. Portanto, as peças coringas são únicas e singulares e são escolhidas conforme a necessidade e estilo do indivíduo.

Atente-se ao tecido e à composição da peça, a qualidade é primordial, pois, dessa forma, você terá uma peça que durará por anos, avulta Deise Zuqui. Além disso, uma forma legal de encontrar peças únicas e imbuídas de qualidade, opte por comprar em brechós e bazares, indica a fashionista.

Além disso, para suscitar e manter uma vida com o estilo minimalista, é interessante pensar em coisas, objetos, produtos e afins que podem sair de cena. Serão coisas a menos para comprar e se preocupar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui