Marco Carbonari fala tudo sobre a colheita das uvas

De acordo com o proprietário da vinícola Villa Santa Maria, Marco Carbonari, o período da colheita varia muito, dependendo de diversos fatores, como: variedade da uva, condições climáticas, área do cultivo e o tipo de vinho a ser elaborado.

Marco Carbonari revela que existem dois métodos de colheita, sendo eles o manual e o mecânico. A colheita manual afeta muito no custo final do vinho, porém, garante uma atenção muito maior durante a seleção dos cachos, produzindo assim vinhos mais finos e de qualidade elevada. Já no método mecânico, as máquinas colhem as uvas apresentando alguma dificuldade para distinguir uvas maduras, podres e cachos verdes, gerando vinhos mais baratos.

Durante a colheita, Marco Carbonari revela que existem algumas regras:

  1. As uvas úmidas não devem ser utilizadas na produção do vinho, pois alteram a qualidade do mosto;
  2. O armazenamento não deve ser feito em recipientes grandes, pois podem ser esmagadas;
  3. Após a colheita, as uvas devem ser levadas imediatamente para a etapa de elaboração da bebida, pois caso contrário, podem ocorrer fermentação e maceração indesejadas.

No Brasil, Marco Carbonari informa que a época de vindima ocorre entre o meio e o fim do verão.

Na vinícola Santa Maria, por exemplo, a colheita da uva Sauvignon Blanc ocorreu na primeira quinzena de junho, entretanto, estava programada para o final do mês, mas por conta das últimas mudanças no clima, a antecipação se mostrou necessária.

A Villa produz oito variedades de uvas e possui a Sauvignon Blanc em seu plantio desde 2014. Trata-se de uma uva da família vitis vinífera que produz vinhos secos e refrescantes com aromas frutados, sendo originária de Bordeaux, na França.

Quer degustar vinhos únicos produzidos a partir desta casta? Marco Carbonari o convida a uma visita a Villa Santa Maria!

Acesse o site e obtenha as informações: https://villasantamaria.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui