O sucesso do carro Santana – por Fernando Siqueira Carvalho

Fernando Siqueira Carvalho

O estudioso do mundo automotivo, Fernando Siqueira Carvalho vai contar um pouco da história do Volkswagen Santana, um carro no qual faz sucesso até hoje entre muitas pessoas e principalmente para quem gosta de carros antigos.

O Santana começou a ser produzido em 1983 na Alemanha, porém, ao decorrer dos anos, ele começou a ser fabricado em diferentes países. O modelo foi feito como uma versão sedã do antigo Passat. Em alguns países, o Santana é conhecido por outro nome, por exemplo nos EUA, ele era fabricado como Quantum, informa Fernando Siqueira Carvalho.

No Brasil, o modelo Santana chegou em 1984, no início ele teve o intuito de desbancar o Chevrolet Monza um sedã que fazia muito sucesso. Na época, o Monza da Chevrolet era a principal atração, mesmo não sendo tão conhecido, o Santana acabou ficando escorado no Passat para alcançar um público. Na opinião do estudioso Fernando Siqueira Carvalho, esses carros sedãs faziam muito sucesso na época, principalmente entre o público masculino.

Aos poucos, o carro foi ficando atualizado conforme o passar dos anos. Fernando Siqueira Carvalho lembra que o Santana em 1991 ganhou a opção de freios ABS Bosch, o primeiro carro no Brasil a ter opção desse sistema atualizado.

Fernando Siqueira também lembra que em 1998 o modelo passou por uma inovação e com isso dividiu opiniões, já que ele começou a ser fabricado com bancos no formato da linha Gol e Parati. Além dessa novidade, o Santana também lançou o acionamento de alarme com controle juntamente na chave de ignição. Para finalizar, em 2006 o carro sai de linha e para de ser fabricado, porém, na China o modelo ainda é vendido, mas como um sedã compacto, informa o entusiasta Fernando Siqueira Carvalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui