Saiba mais sobre os tipos de fundos de investimentos

Márcio Alaor de Araujo
Márcio Alaor de Araujo

Os fundos de investimento são aplicações financeiras coletivas que reúnem vários investidores em uma carteira administrada por gestores profissionais de mercado, explica o empresário Marcio Alaor de Araujo. Convidamos o empresário repleto de conhecimento teórico  e experiência para elucidar o tema. Confira o artigo abaixo e saiba mais. 

O funcionamento de um fundo de investimento, na prática, é bastante simples até, explica o empresário Marcio Alaor de Araujo: cada investidor utiliza uma parcela do capital e se torna acionista, formando um patrimônio coletivo que é administrado para obter o melhor retorno para todos. Assim, os resultados do fundo são distribuídos entre os participantes de acordo com as cotas que cada um possui. Cada um pode investir o quanto quiser, e a ação valoriza na proporção do valor investido.

Fundo de Renda Fixa

Os fundos de renda fixa são compostos por pelo menos 80% de ativos de renda fixa, como títulos públicos Tesouro Direto, títulos emitidos por bancos (como CDBs, LCIs, LCAs e títulos privados). O empresário Marcio Alaor de Araujo explica que eles são preferidos por investidores iniciantes por causa de seu menor risco, embora também ofereçam retornos modestos – geralmente vinculados a métricas como a taxa Selic.

Fundo de ações

Os fundos de ações investem seus recursos em ações ou ativos relacionados, como dividendos de subscrição, fundos de índices de ações e BDRs (Brazilian Depositary Receipts). Além disso, possuem maior exposição ao risco porque investem seu capital em ativos de renda variável de alta volatilidade.

Fundo de previdência privada

Como o próprio nome já diz, são fundos dedicados à previdência privada, formando o patrimônio de uma futura aposentadoria. Marcio Alaor de Araujo explica que tais fundos possuem alguns benefícios fiscais e são divididos em fase de acumulação e fase de posse, em que o investidor escolhe como prefere adquirir os recursos acumulados (na forma de renda vitalícia ou resgates totais, por exemplo).

Fundo de investimento imobiliário

Um dos fundos de investimentos mais conhecidos e mais procurados é o Fundo de Investimento Imobiliário (FII). Trata-se de um produto que investe em imóveis e permite que os investidores lucrem com negócios de aluguel e imobiliário. São considerados fundos de ações e podem se concentrar em categorias como escritórios e lajes corporativas, shoppings, hospitais, escolas, empreendimentos de residências, dentre outros. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui